Yoga e pilates: semelhanças e diferenças entre as atividades

Apesar de não terem perda de peso como objetivo principal, as duas técnicas são aliadas do emagrecimento

Sintonizar corpo e mente é o objetivo principal do yoga e do pilates. As duas são técnicas bastante diferentes, mas que, em alguns momentos, possuem objetivos e movimentos parecidos.

Em ambas as práticas, os objetivos são alcançados utilizando a força corporal, o equilíbrio, o alongamento e a respiração controlada.

Diferenças
Se estiver em dúvida sobre o que é pilates e o que é yoga é só guardar uma diferença bem simples: yoga trabalha o corpo como um todo e o pilates cada musculatura específica.

Outra diferença está relacionada à respiração: a respiração é importante nas duas técnicas, mas com suas particularidades em cada uma delas.

Aparelhos: nas aulas de pilates, os alunos podem utilizar aparelhos específicos para essa técnica. Já no yoga, o peso corporal é utilizado na realização das posturas.

Mesmo com algumas diferenças entre os dois métodos, o importante é que ambos oferecem um excelente trabalho para o desenvolvimento da relação entre corpo, mente e espírito, colaborando para o bem estar e qualidade de vida.

Semelhanças
Além de serem ótimas técnicas para quem busca saúde, bem-estar e um corpo e mente em equilíbrio, pilates e yoga têm outras semelhanças.

Uma pose e um método do yoga, por exemplo, tem características e finalidades parecidas com aquelas desenvolvidas durante as aulas de pilates:

Ásanas: se baseia em exercícios físicos para fortalecer o corpo, aumentando sua agilidade, flexibilidade e consequentemente prevenir dores na coluna vertebral.

Hatha Yoga: visa a concentração, a consciência corporal, autocontrole e a respiração.

Além de trabalhar o corpo de maneira parecida em alguns pontos, pilates e yoga também se assemelham no que diz respeito aos resultados.

Emagrecimento: as duas técnicas permitem o gasto calórico de 250 a 350 calorias em uma hora de aula. Embora o emagrecimento não seja o objetivo principal nem do yoga e nem do pilates, os dois podem adicionar perda de peso ao “combo de benefícios” farto das técnicas.

Tonificação muscular: mesmo não sendo o enfoque do yoga, com as posturas realizadas com o próprio peso do corpo, a musculatura se mantém rígida e forte. Trabalhar os músculos é também um dos objetivos do pilates.

Flexibilidade corporal: para a realização correta tanto dos exercícios do pilates, quanto nas posturas de yoga, há a necessidade de o aluno superar sua flexibilidade com o passar do tempo de prática, segundo fisioterapeuta.